lomdee12/13

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Sarna Sarcóptica em Coelhos


A sarna sarcóptica em coelhos é ocasionada pelo ácaro Sarcoptes scabiei var. Este ácaro penetra mais profundamente na pele causando lesões que se inciam no focinho, e nas patas do coelho, se alastrando em seguida para as regiões adjacentes. Esta doença, muito contagiosa, é caracterizada pela formação de crostas na cabeça do coelho, principalmente na boca, olhos e nariz, estendendo-se nos casos graves às patas e órgãos genitais.A sarna sarcópitica se difere da sarna de orelha, pois esta só ataca o corpo do animal. As primeiras manifestações da sarna começam com a picada do parasita que causa forte irritação, causando o aparecimento de um líquido que, ao secar, forma crostas duras, de cor amarelo-cinza. Como a sarna se localiza de preferência na cabeça e boca do animal, os lábios se apresentam consideravelmente inchados e o coelho não pode alimentar-se devido à dor e à dificuldade que sente ao mastigar. Com isto o animal emagrece, enfraquecendo até morrer. Sendo ás crostas localizadas em volta do nariz, há inflamação do local, determinando grande dificuldade na respiração.

   Entretanto, no início da doença, antes que a sarna atinja completamente a cabeça do animal, o seu tratamento é fácil. Assim, o proprietário ao notar que o focinho do coelho que é geralmente limpo e brilhante, se apresenta coberto com um pó branco, semelhante à farinha, deverá levar o animal ao veterinário para que este seja examinado e seja feito um exame de raspado de pele onde o ácaro pode ser observado. Existem vários produtos que podem ser utilizados no tratamento tanto de uso tópico (selamectina, benzoato de benzila, cipermetrina) como de uso sistêmico (ivermectina). Existem ainda medicamentos de uso natural como o própolis  que vem sendo utilizado também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...